• Telefone : + 55 (65) 3646-9701 / (65) 9 8409-9628
18out
2016
0
caquilhos-creditos-rosan-chaves-4

Aventuras do Barão de Munchausen da Cia Arte Negus

Caquilhos de Munchausen é uma adaptação livre da fantasiosa obra do alemão Rudolf Erich Raspe, centrada em seu mais célebre personagem, o Barão de Munchausen. Nesta versão da Cia Arte Negus, o Barão é inserido num contexto com referências mais brasileiras. É o primeiro trabalho do grupo que utiliza o teatro de máscaras e formas animadas, somadas ao trabalho de jogo cênico do palhaço.

“A adaptação do texto teve início com o entendimento de que histórias não são estáticas, mas vivas na boca de quem as conta. E justamente por isso, houve esse ímpeto em adaptar a obra de Raspe. A própria versão de Raspe é uma transformação de suas versões iniciais, diz-se que o autor publicou 12 versões diferentes de seu livro”, revela Augusto Figliaggi, da Cia Arte Negus.

Na adaptação, o Barão é um velho cansado que quer contar suas histórias para os convidados. O espaço cênico é a sala da casa do próprio Barão, e, aos poucos, a casa se transforma em território para que seus causos sejam encenados. Junto dele tem uma divertida serviçal, a Russa, que dá o tom cômico à apresentação. Mas será que tudo o que o Barão diz é verdade?

Norteado por composições e sonoplastia do músico Thiago Gim e da musicista Estela Ceregatti, o espetáculo leva, de maneira sutil, ao entendimento desse complicado relacionamento entre o Barão de Munchausen e sua serviçal Russa. “Toda história tem uma parte mentira, uma parte verdade. Todo contador que parte, deixa saudade. É um espetáculo que fala sobre crença, a crença na palavra pronunciada por um amigo”, conclui Figliaggi.

Com patrocínio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), e da Caixa Cultural, a 7° Miti integra o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso e segue com programação intensa até dia 16 de outubro. Além de diversos espetáculos, o evento contempla ainda uma curiosa Oficina de Brinquedos Populares.

No Comments

Reply

Pular para a barra de ferramentas